quinta-feira, 6 de setembro de 2012

GALO PECA NAS FINALIZAÇÕES E NÃO SAI DE UM EMPATE SEM GOLS

MUITOS ERROS DE FINALIZAÇÕES FORAM FUNDAMENTAIS PARA O GALO DEIXAR O PLACAR SEM GOLS, NA BAHIA


 
EDSON RUIZ/AE/AE
Leonardo começou como titular, mas não conseguiu furar o bloqueio do
Bahia. Depois saiu para entrar Neto Berola
    Apesar do alto número de desfalques, o Atlético teve boas condições de vencer o Bahia, nesta quarta-feira, no Pituaçu. No entanto, a pontaria não estava calibrada e as finalizações alvinegras não encontraram o gol de Marcelo Lomba. As duas equipes ficaram no 0 a 0.

     O Galo agora soma 45 pontos na tabela e torce contra o Fluminense, que joga nesta quinta-feira, em casa, contra o Santos. Os cariocas estão com 44 pontos. Vale lembrar que há um jogo do primeiro turno a ser disputado pela equipe alvinegra, contra o Flamengo.

     No domingo, contra o Palmeiras, retornos certos apenas de Junior César e de Ronaldinho ao time. Danilinho e Jô precisam ser liberados pelo departamento médico. Réver segue na Seleção Brasileira. Bernard está suspenso.

Um fraco futebol no primeiro tempo


     Sem cinco titulares, o Atlético teve que se redescobrir taticamente em campo. Mas o esquema continuou o mesmo. Só que Bernard deixou a faixa esquerda, que geralmente ocupa, e foi deslocado para a direita. Escudero ocupou o lado oposto.

     Nos primeiros minutos, o Bahia foi melhor. Aos 11 minutos, Souza fez boa tabela com Zé Roberto e finalizou. Mas Victor fez a defesa sem grandes problemas.

     O Bahia ainda teve duas oportunidades durante a etapa inicial. Com Lulinha, em enfiada de bola de Souza. Depois, com chute longo de Hélder. Mas os donos da casa não mostraram grande poder de fogo.

      Já o Atlético foi dono das duas melhores oportunidades. Aos 21 minutos, Guilherme cruzou, Leonardo ajeitou de cabeça e Bernard bateu de primeira, mas pelo alto. Aos 45, Richarlyson cruzou, Leonardo se antecipou e finalizou de primeira. A bola também foi para fora.
 
     Foi um primeiro tempo de poucas oportunidade com as duas equipes preocupadas com o setor defensivo. O placar sem abertura de contagem foi justo pelo que realizaram as duas equipes.

Atlético criou mais, mas também errou mais nas finalizações

     Atlético começa pressionando com cruzamentos, mas o Bahia que quase abriu o marcador no início da etapa final. A defesa alvinegra vacilou fez um recuo de bola ruim. Souza se aproveitou e cruzou para Helder. Mas o meia bateu para o alto.

     Sem grande emoção no jogo, o técnico Cuca resolveu fazer uma alteração dupla aos 13 minutos. Neto Berola e Serginho foram acionados. Leandro Donizete e Leonardo saíram.

     Aos 19 minutos, uma boa chance para o Galo. Bernard recebeu no canto esquerdo da área. De perna direita, ele bateu colocado, mas não acertou o gol. Pouco depois, uma boa jogada. Escudero ajeitou para Guilherme bater da entrada da área. Novamente, o chute não foi para a meta de Marcelo Lomba.

     O camisa 10 teve outra chance aos 23 minutos. Ele foi recebeu um lançamento longo e teve a chance de bater na boa saída de Marcelo Lomba. O goleiro baiano conseguiu rebater.

     O Galo continuava tendo chances, mas sem acertar o gol. Bernard cruzou, Guilherme ajeitou e Escudero bateu para fora, aos 29 minutos. No fim do jogo, aos 44 minutos, Serginho teve chance na área mas também finalizou longe da meta de Lomba.
     Na próxima rodada, no domingo, às 18h30, o Galo recebe o Palmeiras, na Arena Independência, e depois na quarta-feira é a vez do São Paulo, também em Belo Horizonte.
Detalhes técnicos do jogo Bahia 0 X 0 Atlético
Bahia - Marcelo Lomba, Neto, Titi, Danny Morais e Romário; Fahel, Diones (Kléberson, 32min/2ºT), Hélder e Lulinha (Cláudio Pitbull, 21min/2ºT); Zé Roberto (Caio César, 17min/2ºT) e Souza. Técnico: Jorginho

Atlético - Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques e Richarlyson (Fillipe Soutto, 29min/2ºT); Pierre, Leandro Donizete (Neto Berola, 13min/2ºT), Bernard, Guilherme e Escudero; Leonardo (Serginho, 13min/2ºT). Técnico: Cuca

Cartões amarelos: Guilherme, Bernard, Marcos (ATL); Fahel (BAH)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves
Assistentes: Fabiano da Silva Ramirez e Rogério Pablos Zanardo

Nenhum comentário:

Postar um comentário